O que a união entre a vida da autora e o filme Bohemian Rhapsody poderia gerar? Em nosso caso, gerou este livro. Entre a dor da perda repentina de um grande amigo e o estado de êxtase diante da forma como o filme dialogou com seu estado de espírito, Tacy começou a rascunhar uma história sobre quatro irmãs, seus encontros, desencontros, perdas. Ressignificou-os com amizade e esperança para, da reelaboração do luto e com muita liberdade criativa, nascer Memórias de Ana Clara.