A Palavra em Xeque: reflexões e (inter)ações sobre tradução, lexicografia, fraseologia e ensino de línguas estrangeiras/adicionais no viés teórico-metodológico

Uma andorinha sozinha não faz verão. Iniciar este prefácio recorrendo a esse clássico provérbio teve duas motivações principais: destacar a ênfase nos estudos fraseológicos que singulariza a obra e sinalizar a simbologia evocada por esse fraseologismo[…]. Uma obra como esta que tenho a prazerosa tarefa de prefaciar é produto de voos coletivos, de um sonho alimentado durante invernos e verões pela organizadora do livro e, provavelmente, por outros autores que com ela somam com o fito de concretizar este projeto editorial, afinal uma andorinha só não faz verão, para ser fiel ao provérbio aqui tomado como mote. A palavra em xeque: reflexões e (inter)ações sobre Tradução, Lexicografia, Fraseologia e Ensino de Línguas Estrangeiras/Adicionais no viés teórico-metodológico, obra organizada por Claudia Cristina Ferreira, por configurar-se como uma coletânea, materializa voos coletivos[…]. Neste livro, o foco é a palavra sob diferentes abordagens, tendo como principal fio norteador o ensino de línguas estrangeiras e de línguas adicionais. Os textos que compõem a obra se aproximam em graus distintos pelos temas abordados, uma vez que alguns eixos temáticos perpassam praticamente todos os artigos em graus de aprofundamento distintos: léxico, unidade fraseológica, culturemas, tradução, metalexicografia… Essa característica da coletânea faculta ao leitor uma visão contrastiva acerca de assuntos que se aproximam, seja pelo próprio objeto de discussão, seja pelo referencial teórico que ancorou os estudos aqui reunidos que se relacionam, fundamentalmente, a três áreas do saber: Tradução, Lexicografia e Fraseologia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *