O menor amor do mundo

Aqui estão conversas sobre o amor. Ou sobre o desejo (parece que ninguém se decidiu sobre isso ainda). Primeiro vêm os minianjos, depois o galo celestial desce aos subúrbios, e finalmente o banquete de Platão se transfere para o Codorna do Feio, com suas diversas vozes e personagens compondo um jeito novo de tratar o tema, entre o poético e o filosófico, e também muito além de ambos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *