Vivência integrada da comunidade: experiências de uma escola médica durante a pandemia da covid-19

Este livro traz em cada página trajetórias de muitos sujeitos de transformação de mundo que (r)existem no Sertão Potiguar. São flores de mandacaru que floresceram na pandemia, reafirmando a importância de uma universidade pública socialmente referenciada e comprometida com a realidade local na qual se insere. “Cumpre seu propósito especial de retratar as ações da Escola Multicampi de Ciências Médicas, instituição de ensino superior inserida no interior do nordeste brasileiro e que, diante do grave cenário que enfrentamos, exerce seu papel social por meio de ações orquestradas e pensadas em distintas frentes de trabalho. Os relatos e análises dispostos nesta obra são fruto do trabalho de estudantes, professores, servidores e trabalhadores de saúde genuinamente inquietos, curiosos e dispostos a colaborar com as diversas necessidades de saúde surgidas ou intensificadas pela pandemia da Covid-19.” Diego Bonfada, docente que compõe a organização do livro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *