Que conta é essa?: o sistema tributário das desigualdades

Mais do que ajudar a desfazer mitos, como o de que a carga tributária brasileira é alta para todos, indistintamente, ou de que os serviços públicos são ruins, ou ainda de que os tributos pagos não servem para nada, os autores e as autoras aqui reunidos apresentam visões que, sem prejuízo da diversidade de opinião e de perspectiva sobre os temas abordados, guardam larga convergência em torno da necessidade de que o sistema tributário seja radicalmente modificado no sentido da simplificação, da progressividade, da transparência, da racionalidade e eficiência econômicas e, fundamentalmente, do fortalecimento da função social dos tributos. Esta obra também aborda outra questão não menos importante e estritamente associada, como causa, à desigualdade brasileira, porque sorvedouro de recursos públicos: o sistema da dívida pública, que dispõe de um conjunto de mecanismos e manobras para perpetuar-se e reproduzir-se. Charles Alcântara, presidente da Fenafisco, no Prefácio Infelizmente, nosso país abriga mesmo muita pobreza e desigualdade. (…) Assim sendo, a intenção deste livro é contribuir para a ampliação do acesso à informação sobre os pontos centrais do debate acerca da desigualdade social no país e sua discussão técnica. Acreditamos que Educação Fiscal é tão importante quanto Educação Política. Uma vez que o orçamento público revela as prioridades governamentais, a sua democratização é um imperativo. Victor Lins, organizador, na Introdução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *