Avaliação, regulação e acreditação: a busca pela qualidade na Educação Superior

A busca pela qualidade na educação superior possui caminhos tortuosos, conforme os objetivos que se propõe para uma sociedade em constante transformação. A Avaliação Institucional é um instrumento democrático que debate o papel da universidade, todavia, quando posta sobre o crivo de critérios “consensualmente” estabelecidos pelo mercado, perde seu sentido ético de formação humana e socialização do conhecimento. Sob a lógica do controle, a Acreditação surge como forma interventiva em termos de avaliação, numa lógica de “melhoria da qualidade”, expropriando por meio de agências a autonomia universitária para realizar esse debate junto a sociedade. Compreender essas relações e sua contextualização no atual momento histórico deste início de século XXI são determinantes para enxergarmos o futuro da educação na universidade e como será a formação da humanidade nas próximas gerações. A presente obra corresponde a parte do trabalho de investigação que conduziu à elaboração da tese de doutoramento em Educação, em que se discute o processo de avaliação da qualidade da educação superior. Assumindo um posicionamento crítico sobre o cenário contemporâneo neoliberal, o autor analisa a educação superior nas últimas três décadas e destaca as múltiplas formas e significados que a busca pela qualidade educacional tem alcançado na reorganização de estruturas e sistemas educacionais alinhadas aos interesses do mercado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *