Formação em saúde em tempos de resistência: Contribuições e potencialidades da residência multiprofissional em saúde no sertão potiguar

Nesta coletânea apresentamos os Trabalhos de Conclusão de Residência de dois Programas de Residência Multiprofissional em Saúde que existem e resistem no Seridó Potiguar, vinculados à Escola Multicampi de Ciências Médicas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (EMCM/UFRN). As narrativas foram divididas em 14 capítulos que versam sobre vivencias de atenção, gestão, educação e formação em saúde, e participação social. Os capítulos foram distribuídos em duas partes, sendo possível visualizar na Parte I de que forma a inserção das residências nos pontos de atenção da RAS fortaleceu os processos de (re)construção e (re)qualificação da atenção à saúde e gestão dos serviços, enquanto na Parte II é elencada a importância dos programas no processo de levantamento e monitoramento dos indicadores de saúde da população, das vulnerabilidades dos territórios e do potencial dos serviços e das equipes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *