O artista em representação: coleções de artistas 

Quais são as representações da figura do artista e como se transformaram ao longo do tempo? Intelectuais ou artesãos, mártires ou demônios, ingênuos ou revolucionários, loucos ou filósofos? Possivelmente, artistas foram e ainda são personagens em que várias camadas de interpretação coexistem e se misturam. Apesar de extensamente tratado na historiografia internacional, no Brasil o tema ainda não havia obtido uma atenção concentrada. Em edição conjunta no ano de 2019, o X Seminário do Museu D. João VI – Grupo Entresséculos e o VI Colóquio Internacional Coleções de Arte em Portugal e Brasil nos séculos XIX e XX propuseram refletir sobre o artista em representação e coleções de artistas, especialmente no âmbito brasileiro, latino-americano e de alguns países europeus, motivados pelas exposições realizadas na Pinacoteca de São Paulo e no Museu Nacional de Belas Artes, no Rio de Janeiro, que se preocuparam em apresentar obras em que os artistas discutem sua própria imagem. Os textos reunidos nesta publicação derivam das palestras e conferências proferidas nesses dois eventos, com pesquisadores de renome de diversas procedências, como França, Argentina, México, Portugal e Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *