Complemento – Verbo vs Verbo – Complemento

Este livro discorre sobre as ocorrências de sintagmas nominais acusativos não clíticos em diferentes ambientes sintáticos em textos do século XII ao XIX, com o intuito de delinear as mudanças gramaticais ocorridas. Para tanto, analisaram-se as possibilidades de ordenação do objeto direto em relação ao verbo e ao sujeito, em orações subordinadas completivas providas de um verbo transitivo direto a partir de dois corpora: o Corpus Informatizado do Português Medieval – CIPM, para textos do século XII, XIII e XIV e o Corpus Histórico do Português Tycho Brahe – CTB, do qual foram pesquisados 15 textos de autores nascidos entre os séculos XVI e XIX. Os resultados apontam para uma baixa frequência do fronteamento do objeto direto (OV, SOV, OSV e OVS) em ambos os corpora no contexto das orações subordinadas completivas. Constatou-se também baixa frequência no uso das inversões VSO e VOS nesse mesmo contexto oracional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *