1930 Uruguai: a Copa do Mundo pioneira

O primeiro livro da Série Copa do Mundo Definitiva traz a oportunidade mais próxima de vivenciar uma Copa em tempos de uma tecnologia rudimentar aonde a própria viagem até o evento durava quase vinte dias de navio da Europa até Montevidéu. Dentro de campo ainda não havia banco de reservas e nem mesmo a meia-lua da grande área, tiro de meta podia ser cobrado com a mão e os jogadores eram amadores. A participação da Seleção do Brasil, não poderia ter tido uma organização mais “brasileira” dado a guerra de egos aonde o que menos importava de fato era a qualidade e o desempenho do time. O leitor tem o privilégio de se ver situado num contexto histórico repleto de curiosidades, coragem e o heroísmo de Jules Rimet na realização deste sonho considerado impossível pra época. É o início de uma enciclopédica e irresistível coleção que certamente fará história no meio literário mundial futebolístico.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *