Racismo: e eu com isso?

O racismo estrutural da sociedade brasileira está na cara e por todos os lados pode ser constatado. Preste atenção ao seu redor. Olhe para os lados, encare e descubra onde os negros moram, de que se ocupam e onde estão agora mesmo. Veja se é justo e correto você dizer que não, que não é racista. Se sua sociedade é racista, você também o é. Não dê respostas simples, do tipo: “nunca tive escravo, não sou racista, tenho amigos negros, não sou culpado”. Frases assim não dizem rigorosamente nada. Pense a respeito. O seu racismo, o racismo de seu país independente de você querer ou não ser racista. Assuma, não fuja: o racismo é seu. Neste livro, reflita com o autor sobre racismo, escravidão, política de cotas, discriminação, homofobia, velhice, machismo, pobreza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *